terça-feira, 26 de maio de 2015

Drenagem Linfática


 

A drenagem linfática é uma técnica de massagem que tem por objetivo estimular o sistema linfático - uma rede complexa de vasos que movem fluidos pelo corpo - a trabalhar de forma mais acelerada. Entre os principais benefícios do método estão à redução da retenção de líquido, ativação da circulação sanguínea, combate à celulite e até o relaxamento corporal. 
O sistema linfático trabalha como uma terceira circulação, além da arterial e da venosa, e a linfa é o líquido que circula através dessa rede de vasos linfáticos. Ela é rica em proteínas, glóbulos brancos, microrganismo, células mortas, células sanguíneas e pode também carregar bactérias e toxinas. Seu aspecto é viscoso e amarelado. A linfa, assim como o sangue, realiza trocas metabólicas com as células e em seguida é recolhida pelos vasos do sistema linfático, retornando aos gânglios.

As áreas comuns em que os linfonodos podem ser sentidos, através da palpação, incluem:

- Virilha;
- Axila;
- Pescoço (existe uma cadeia de linfonodos de cada lado do pescoço);
- Abaixo da mandíbula e do queixo;
- Atrás das orelhas;
- Na parte posterior da cabeça.


Objetivo da Drenagem Linfática
A função da drenagem linfática é retirar a linfa que fica acumulada entre as células.
Com essa estimulação, há a diminuição do inchaço e melhora da celulite. O procedimento melhora também a circulação em geral, relaxa o corpo e pode atuar discretamente no combate a gordura localizada - uma vez que a massagem aumenta o metabolismo do local.
Ela vai ajudar a reduzir medidas por acabar com o inchaço e eliminar toxinas do corpo.

Como é feita a drenagem
Para que seja eficiente, a drenagem linfática deve ser feita sobre o trajeto dos vasos linfáticos, no sentido do gânglio linfático. Quando feita de forma manual, os movimentos são leves, com pressão leve.
Cada região do corpo pede movimentos diferentes, sempre terminando em algum gânglio linfático. Também é possível fazer drenagem linfática no rosto, sempre indo em direção aos gânglios linfáticos.

Tratamento
Este é um tratamento que deve ser feito de forma frequente para ter resultados, podendo ser de uma até três vezes por semana.
A drenagem linfática não pode deixar hematomas no corpo, isso significa que algum vaso sanguíneo foi rompido. Normalmente isso acontece quando o profissional que está aplicando a técnica com mistura com a massagem modeladora ou outros tipos de tratamentos. Mesmo assim, nem mesmo a modeladora deveria deixar esse tipo de marca. 

Contra indicação da técnica
A drenagem linfática está contraindicada para pessoas com infecção, pois as células infecciosas podem cair no sistema linfático e se espalhar mais facilmente pelo corpo. Pacientes com risco vascular, como insuficiência cardíaca, trombose e hipertensão descompensada também devem evitar o tratamento. Pacientes que estejam usando alguns remédios específicos para o tratamento de quimioterapia também são contraindicados, pois há possibilidade de restos tumorais de células cancerígenas serem captados nos linfonodos e metastizados em outros órgãos do corpo.

Não é necessária prescrição médica para fazer drenagem linfática, mas é recomendado consultar um medico.

Associe a Drenagem Linfática com:
Alimentação Balanceada
Ingestão de Líquidos
Atividade física regular

 

Fonte inspiração: minha vida.com

Agende sua avaliação e descubra muito mais sobre este técnica de massagem.

Talita Estética e Bem Estar

(12) 99137.9396 / 3432.9348

Nenhum comentário:

Postar um comentário